domingo, outubro 01, 2006

"Desenrascanços" e Grampeadas nas TIC

Caros leitores, não reparem, mas ocorreu um problema tecnológico sério na minha baixada de linha telefónica - inundou e corroeu - transformou-se numa amálgama com uma linda cor verde, e tudo a uns 3 metros abaixo de nível do chão do vaso grande de minha casa, que eu chamo pomposamente de "jardim".
Depois de pedir o auxílio técnico especializado, fui informada que terei de enfrentar um longo processo de reconstrução de todo o sistema. Ignoro o tempo (Euros e paciência incluídos) que a resolução cabal desta questão irá consumir já que vai envolver os serviços de empreiteiro para re-construção de uma galeria de serviços.
'Tava-se mesmo ver, que não sobreviveria sem dar vazão ao meu vício terminal de "internet" (pertenço aos Internólicos Anónimos* - IA) ....Assim, sem lenço e sem documentos resolvi ser eu (sem qualquer formação) a fazer uma ligação clandestina, para não ficar incomunicável.
Tudo correrá muitíssimo bem neste blog, mas ainda não dei conta de proceder à apresentação de imagens nos meus posts, "sem destruir o blog", passei de uma "tal de largura de banda" de 4 Mbps para 64kbps, num ápice - não sei se tem influência ou não, mas o que é certo é que estou muito condicionada em transferência de alguns documentos - ex., imagens.
Mas com este " luso desenrascanço", continuarei a publicar na mesma os meus "posts" mas, por uns tempos largos, sem as imagens "decorativas-alusivas", que eu tanto gosto.
Snif! Snif! :(
Por causa disto, já empapei com choradeira copiosa um tapete enorme "tipo" Arraiolos e tenho um braço engessado - caí de uma escada "magirus" que usei na grampeadela. Não me perguntem aonde e como a consegui, porque eu sei mas não lhes digo!
Pode ser que alguma alma caridosa, me saiba dizer como aperfeiçoar a minha "grampeadela em redes e comunicações". Em contra-partida, se alguma vez precisarem destes "serviços clandestinos de redes e comunicações" estarei, naturalmente, às ordens.
_____________
* Já posso dizer, orgulhosamente, na próxima sessão de terapia em grupo dos IA: "Consegui estar 10 horas seguidas, sem espreitar nadinha do que se passou no ciber-espaço".

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial