domingo, setembro 17, 2006

"A bird's eye view"

Em agradecimento ao simpático ficheiro informativo disponibilizado, pela Direcção Geral de Ensino Superior, decidi sistemetizar os resultados do acesso ao ensino superior neste ano lectivo de 2006-2007, de forma a poder formular uma ideia muito geral, relativamente, a dois aspectos que se seguem:
- os efeitos no acesso ao ensino superior, das decisões institucionais sobre a sua adesão, ou não, à implementação do "espaço europeu de ensino superior";
- o estágio de competição das diferentes instituições - universidades e/ou politécnicos - para cursos com idêntica designação.


Os colocados no politécnico, não conferiram qualquer importância ao que entre nós se chama Processo de Bolonha, e que definitivamente não é porque o que se fez não cumpriu o espírito subjacente - A taxa de colocação em relação às vagas disponibilizadas foram respectivamente 58, 6% Para cursos com o fenotipo de Bolonha contra 72,2% para cursos não "Abolonhados";

Essa preferência inverteu-se, mas não significativamente, nas universidades - 71,4% dos colocados ocuparam oferta de cursos sem terem cumprido "os procedimentos de Bolonha", enquanto esse valor subiu para 75,4% de ocupação de vagas para cursos "apelidados" como cumprindo os procedimentos nacionais do já mencionado processo.

O que a mim me parece, de facto, ter decidido as opções dos candidatos foi em grande parte a localização geográfica favorável da "oferta", e talvez um pouco do "marketing" de quem já conhece ou os cursos ou as instituições e, em alguns casos, nem sequer o rótulo universidade teve influência.

Confiram se concordam comigo, pela consulta deste ficheiro: acesso2006CONTAS.xls, aqui.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial