segunda-feira, novembro 23, 2009

O MBH98 pode ser imaginário

Em 12 de Janeiro de 2009, foi atribuida a William Happer ex director do Office of Energy Research do U.S. Department of Energy uma afirmação profética e demolidora sobre o "Aquecimento Global": “[Climate change theory has] been extremely bad for science. It’s going to give science a really bad name in the future,” he said. “I think science is one of the great triumphs of humankind, and I hate to see it dragged through the mud in an episode like this.” Este investigador foi despachado do seu Departamento, em passo de corrida, pelo Vice-Presidente Al Gore porque, ao que dizem as más línguas, de alguma forma, Happer estava sempre a duvidar das suas teorias (e práticas) acerca do tema do Aquecimento Global.
A respeito das alterações climáticas poderem ou não ser atribuídas à actividade humana, desde a publicação daquele famoso gráfico - MBH98 (Mann, Bradley e Hughes) - criado pelos, agora, efectivamente, famosíssimos, climatologista Michael Mann Mann e seus colaboradores - gerou, para além do pânico, muita controvérsia mas, sobretudo, tem entretido muitos políticos, a nível mundial, e cá na terra, e reorientou recursos de toda a ordem para investigações, imaginações, criações, expeculações e outras "invenções".
Nestes últimos dias, um abelhudo bando de hackers (que Deus os ajude) decidiu divulgar, pela internet fora, mais de uma década de trocas de correspondência de cientistas Ingleses da Universidade de East Anglia's Climatic Research Unit (CRU) que inclui à volta de 61 Megabites de cerca de 1,000 e-mails and 3,000 documents posted on Web sites following the security breach last week, pela qual se pode inferir a existência de martelamento dos registos de temperaturas, do referido gráfico em forma de stick de Hockey- que literalmente pode nem existir.
Enfim, se os mails trocados não tiverem, eles mesmos também, sido forjados, pode-se concluir que, por todos os lados, andam a explodir "verdades inconvenientes"... e... e que previsões são.....,realmente.... muito dificeis quando se reportam a acontecimentos futuros....
Para quem se interessar mesmo sobre o tema, pode consultar este artigo.
_______________
A propósito deste tema, e de outros mais específicos deste blog, penso ser interessante reflectir sobre o seguinte texto, que extraí daqui:
"The dirty little secret is that science has always had this sort of behavior, and sometimes it is caught (Piltdown Man, Cold Fusion, Michael Mann`s “hockey stick”), and sometimes it isn`t.
There is immense pressure on scientists to produce results, to publish, to seek glory, or just to get tenure. Scientists are human beings, after all, and sometimes they approach their field with preconceptions or biases.
Politics certainly comes into play; consider eugenics in the United States at the beginning of the 20th century, or eugenics in Nazi Germany. Consider Hitler`s refusal to allow Einsteinian relativity to be used in the Nazi heavy water experiments.
This whole thing accelerates when government becomes the primary funder of all things science, and the latter 20th and early 21st centuries have seen the enslavement of science by government funds.
It should come as no surprise to find that many researchers cheat to get a leg up on the competition-and to get more from the public trough. "

2 Comentários:

Anonymous joão gândara disse...

A contestatação a alguns dos "factos" relativos ao aquecimento global não é de agora. Aliás, um dos meus blogs favoritos não faz outra coisa senão contestar algumas teorias e previsões mais catastrofistas que têm dado muito bom dinheiro a ganhar a muita gente e têm financiado muita investigação (dado bom dinheiro a ganhar a muita gente). O link para o blog é:
http://mitos-climaticos.blogspot.com/

segunda nov 23, 01:33:00 da tarde 2009  
Blogger Regina Nabais disse...

Olá joão gândara, obrigada pelo seu comentário e pela referência, é sempre bom pensarmos que não andamos, por aí, a divagar, sozinhos e perdidos em cogitações...

segunda nov 23, 02:50:00 da tarde 2009  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial