domingo, julho 01, 2007

Restaurante encerrado para o almoço e jantar do pessoal

Profeticamente, na 6ª feira passada, j. r. cadima, do blog Universidade Alternativa, baptizou um seu post assim: "Um fórum para valer ou só para fazer de conta, mais uma vez? ".
Penso, que não fui só eu, mas mais pessoas ficaram esperançadas em poderem dizer, de sua justiça, publicamente, num espaço único específico do tema - página do parlamento - o que pensavam sobre a Proposta de Lei nº 148/X, do Governo, mais conhecida entre amigos e inimigos por RJIES.
Como sempre que o j. r. cadima nos dá uma das suas utilíssimas pistas fui, logo a correr, aproveitar a dica - e, na 6ª feira, escrevi o que me ia na alma, acerca da referida iniciativa legislativa. Só que, desta vez, para minha própria perplexidade, fui mesmo muito educadinha, como convém a uma senhora. Porém, como sou precavida e "conheço bem os índios da minha taba", pelo sim pelo não, coloquei também o extracto dessa minha mensagem - a tal que depositei no tal fórum, na 6ª feira, por volta da 8 da tarde - no post anterior deste blog.
Bom, eu não sabia, é que a gestão de informação, em suporte informático, no nosso parlamento segue o padrão nacional, deve ser uma tarefa "9 to 5" - como se meteu a noite de 6ª feira, sábado e domingo, e o que estava no fórum não se alterou - presumo que a gestão informática à distância, não faz ainda parte dos procedimentos usuais, nessa nossa casa das leis...
Para eles também é líquido, que quem participar do tal fórum, deve ser funcionário público e, como tal, só se pode interessar por assuntos do interesse colectivo que não os próprios, durante o horário normal de expediente, porque aí, não terá nunca, mesmo nada para fazer...????!!!! Feliz de quem Deus ou o Diabo queiram bem...
Assim, e tal como todo "o muito bom funcionário público da poética imagem", colocaram qualquer coisinha na "net", na 6ª feira de tardezinha, e abalaram sossegadinhos, para o fim de semana, de férias, de descanso eterno, sabe-se lá para onde, porque afinal ninguém é de ferro.
Deve ser por metodologias "personalizadas" como esta, que os Fóruns (informáticos) do nosso parlamento têm tão pouca adesão, e as leis saiem como saiem, mas cá estamos nós todos depois, para nos queixarmos e "zurzir" os governantes quer eles mereçam apanhar sozinhos, ou não.

Etiquetas:

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial