quinta-feira, maio 01, 2008

Só por ouvir dizer...

Diz-se que quem se dedica ao blogging tem vincada propensão para o mexerico.
Pode ser que seja verdade...
Hoje, por exemplo, vou comentar o que não ouvi directamente, e de que também não encontrei nenhum registo da blogosfera.
Na segunda feira 28 de Abril, de 2008 eu não andava por aí, por isso, foi por intermédio do post "PODCAST" (Blog Co-Labor) da mesma data, que pude ler uma descrição fotográfica da entrevista da Antena 1, sobre o tema: "Que futuro para a educação superior pública, em Portugal? Reestruturação dos cursos... Financiamento... Novos Métodos... Ligação entre as universidades e o mundo do trabalho... (enfim, um road show de, nada menos que, para cima de DUAS horas).
Ainda procurei registos institucionais completos do sucedido, mas... devo ter procurado mal...
Encontrei um extracto de 15 minutos de arengas, sobre coisa nenhuma - tirando uma breve referência ao estudante a tempo parcial, do Senhor Ministro Mariano Gago - aqui aonde acedi por indicação na caixa comentários do referido post (http://ww1.rtp.pt/noticias/index.php) mas, quanto ao mundo do trabalho, nada! E o que eu queria saber eram opiniões do mercado de trabalho.
Mas, Deus é amigo de mexeriqueiros e o meu santo é forte; literalmente, tropecei numa pessoa conhecida que me disse:
Interessante, interessante mesmo, foi uma senhora dos Recursos Humanos da EDP dizer que a implementação do Processo de Bolonha em Portugal tinha tido um impacte muito evidente...
????!!!!! Isto é o que chamo de FÉ!
A ser verdade a apreciação, como pode um representante do "mundo do trabalho" (1) ter avaliado "favoravelmente" o impacte de formandos pelo Processo de Bolonha, se ainda não pode sequer ter saído um único formando para o mercado de trabalho, que tenha feito o seu percurso completo de aprendizagem por aí?
Serei eu que estou a ver mal?
_________
(1) - Enquanto a EDP não for uma empresa-EMPRESA que se preze - sujeita a concorrência dos seus pares, e independente de benesses governamentais, para mim, não pertence sequer a nenhum mundo de trabalho.

6 Comentários:

Blogger Alexandre Sousa disse...

Pois é Zé... então não é? Pois é!
Eu, abaixo-assinado, dediquei o referido dia a actividades de «business intelligence», detectada que estava a operação Antena Um, partner do MCTES, partner do Governo.
A nossa cambada, pesem os doutoramentos, os indicadores bibliometricos, rankings, blogs linkados e por linkar e tretas afins não passa de um grupo de amadores.
O MCTES e outros departamentos governamentais – não confundir com o Estado – possui uma máquina montada, oleada com gorduras ucranianas ou não, que não deve ser menosprezada, nem ignorada.
Nem o Zé nem o Heitor são putos a brincar aos governantes. OJO!
Ouvi a Directora dos Recursos Humanos da EDP, a participar numa operação de comunicação dita corporativa, montada com todos os Ss e Rs. Todo o conjunto de perguntas e respostas estava profissionalmente alinhado numa grelha, onde frases e palavras que possuíam peso cientificamente calculado.
Eles não brincam em serviço!

Não vale a pena escrever ao provedor, até porque o «barco está de saída».

De qualquer modo, mesmo minoritários, mesmo de camisolas diferentes e a comer fruta de diferentes paragens só nos resta ficar atentos e dizer alto e bom som:
- O Rei vai Nu!

quinta mai 01, 01:26:00 da tarde 2008  
Blogger Regina Nabais disse...

OBRIGADÍSSIMA Alexandre, por corroborar.
Pensei que quem me contou se tinha «passado». Na prática, obriguei o coitado,a jurar-me por alma da mãe viva,que não tinha ouvido nem entendido mal o teor da intervenção da dita Senhora Responsável pelos Recursos Humanos da EDP - mais uma das peritas nacionais do processo de Bolonha, como todos os outros...
A equipa toda do MCTES ainda não fez e, está mais do que visto que nem consegue fazer outra coisa, se não brincar... Isto é no que dão formações, exclusivamente,teóricas!
Mas há sempre um dia da caça e outro do caçador; por mim, continuo de atalaia, e à tocaia... e sei que estou sempre em boa companhia na vigília.
Enquanto não formos nós a desistir, eles não têm a guerra ganha!
Por isso, GANHÁMOS!
(OK! OK! 'tábem, estamos só a caminho de GANHAR!).
BOM FERIADO!

quinta mai 01, 05:57:00 da tarde 2008  
Anonymous MJMatos disse...

Também corroboro essa intervenção "extra-terrestre" da senhora da EDP. ouvida ao vivomas, infelizmente, naõ registada para memória futura.

quinta mai 01, 09:06:00 da tarde 2008  
Blogger Regina Nabais disse...

Obrigadíssima! MJMATOS.
A intervenção da Senhora da EDP pode não a ter ficado gravada, mas ficará documentada, por nós.

quinta mai 01, 10:31:00 da tarde 2008  
Anonymous Anónimo disse...

Pois... eu também fico contente por corrobarem o que eu disse. Confesso que, por momentos, pensei que estivesse a delirar, tal o nível de "rocambolesquidade" daquilo que ouvi. Tanto eu, como a minha mãe, estamos agora muito mais descansados (mas só por causa disto... seguramente que não por causa do panorama geral do pais e do ensino em particular)

quinta mai 01, 11:34:00 da tarde 2008  
Blogger Regina Nabais disse...

Obrigadíssima caro anónimo.
Esta é mesmo a técnica das assessorias de imprensa trapalhonas e desonestas: colocarem as pessoas na dúvida se estão ou não a vivenciarem "coisas".
Agora prova-se o TAMANHOZÃO da encenação montada no "road show" do MCTES e, INFELIZMENTE também, o nível de confiança que podemos ter em tudo o que se afirme com a mesma procedência.
Finalmente, também percebo porque não foi disponibilizada ao público a gravação completa de tudo o que se passou no «teatro».

sexta mai 02, 08:30:00 da manhã 2008  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial