quarta-feira, fevereiro 13, 2008

Tecla(s) 3 ???!!!



Só pode ser isso!
.
Fartei-me de grasnar, de perguntar, de questionar e de indagar a toda a gente (MCTES, deputados da Assembleia da República, Presidente da República e até na blogosfera) sobre a interpretação que deveríamos dar ao significado nacional de "Investigação Orientada" reservada ao subsistema politécnico, pela lei nº 62/2007, a tal do célebre RJIES. Lembram-se dela?
.
Já não? Pois, percebo, eu também já me tinha esquecido....
.
Os responsáveis deste país, às minhas perguntas, quase comício, sobre o famigerado RJIES, foram-me respondendo com esta gravação: As suas questões serão tidas em consideração!
Acho que sim, e agradeço muito, porque as "minhas" questões devem ter sido mesmo tidas em consideração.
É pena é que a legislação nacional que diz pretender governar a nossa Educação Superior - que deu e está a dar no que está a dar - é que não mereceu consideração de ninguém!
.
O Alexandre Sousa do Co-Labor, a páginas tantas, teve a paciência de entrar em cena para me ajudar e ler com olhos de ver o Manual de Frascati. Obrigada Alexandre!
.
Vejam aqui o resultado da "minha interpretação" sobre a leitura intensiva do famigerado Manual.
Há outra?
OK! "Desembuchem!
______________________
PS 1 - Desta vez (só desta vez), infelizmente, penso que não sou eu que tenho direito à designação de Tecla 3.
Mas que há numerosas Teclas 3 - com responsabilidades, pensando que os outros é que são os Duh! - lá isso há!
_______________________
PS 2 - Se me perguntarem porque é que a minha interpretação está expressa num
"pauerpointe" em "inglês manhosíssimo", eu digo-vos:
Acho que interessa (já interessou, e bastante!) a muitas pessoas que não se expressam tão bem em português, quanto em "inglês".

2 Comentários:

Blogger Alexandre Sousa disse...

Olá REGINA;

Gostei do PPT!

Será que andará a treinar para começar a dar as suas lições, aulas, seminários and so on, tudo em british language???

Um abraço

quarta fev 13, 04:13:00 da tarde 2008  
Blogger Regina Nabais disse...

Pois é Alexandre, ando a treinar o "portunhês", para aquelas coisas de globalização, internacionalização e etcs.., porque vejo que o Alexandre, anda longe da gente, porque resolveu adoptar a sua nova língua "madrasta das boazinhas" (o russo).
Adorei o vocábulo só "estrobam" - aplicação muito generalizável, como sabemos.

Foi uma EXCELENTE surpresa ter aparecido por aqui porque, a esta hora, à séria, fazia-o a si a pilotar, pelo vale do Volga, um "Helicoplane Antonov"...
Anda desenfiado?

Obrigadíssima, outra vez, sem a sua ajuda, sempre oportuna, não tinha conseguido sequer "ler" o Frascati, e o tal *.ppt, nem existia. Pode crer, e fazia-me muita falta, para (des)explicar as estratégias, à moda cá da casa... ainda se lembra?

Abraço

quarta fev 13, 06:39:00 da tarde 2008  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial