terça-feira, janeiro 29, 2008

Decapagem de percentagens

Hoje, também no Jornal Público, publica-se uma boa notícia: "Para elucidar sobre as saídas profissionais
Governo vai divulgar lista de empregabilidade dos cursos
".
Não vou voltar a referir a confusão que por aí grassa sobre o conceito de empregabilidade, mas penso ser muitíssimo importante que se publiquem, regularmente, informações sobre a dinâmica de emprego, emprego não!.. trabalhos disponíveis, para os formandos da educação superior.
Pode ser que agora se consiga iniciar a decapagem das percentagens.
Se as informações que irão disponibilizar não resultarem em filtragens distorcidas* - porque, com a necessidade de ascendermos a melhores posicionamentos nos "rankings" estatísticos internacionais, nunca se sabe, divulgam-se percentagens de tudo...- podem ser, efectivamente, muito úteis. Fiquemos, então, atentos.
_______
* Exemplos de formações com "empregos" supérfluos: as que só conduzem a empregos nas próprias instituições em que se lecionam, ou em empresas pseudo privadas financiadas/subsidiadas pelo orçamento de estado, como agora também se cá usam..., etc., etc.,...

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial