quinta-feira, janeiro 17, 2008

'Tá gelado! Tá frio! 'Tá morno! 'Tá a aquecer! 'Tá quente! 'Tá a pegar fogo! !!!ACHOU!!!

Como tenho andado por outros fusos horários, não esperava, vir por aqui e, ainda por cima, para defender alguns gestores de topo das instituições públicas nacionais de educação superior, mas tem alturas nas nossas vidas, em que não dá para segurar o que se pensa, mesmo tendo ou não condições de o fazer - e, hoje, é dia!
Quem quisesse, poderia ter lido, aqui, esta informação:
"Ministro não vê condições.
O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Mariano Gago, considerou, ontem, que as universidades que têm dúvidas quanto à passagem para fundação "naturalmente não estão em condições de se autogerir".
...............
e, mais à frente, a notícia relata-nos as seguintes palavras do mesmo político:
"Não é pouco, até é mais do que eu esperaria nesta fase, porque as condições para a possibilidade da transformação do estatuto jurídico de uma universidade em fundação são exigências muito acrescidas". Realmente....!!!!???
______________
Ora bem, há variadíssimos requisitos, para "istos" e para "aquilos" que, nem a fórceps, se conseguem extrair do RJIES e um deles é, exactamente, aonde se poderão obter informações concrectas, sobre as tais exigências "muito acrescidas", que o ministro diz que existem, para o efeito das universidades públicas poderem passar a fundações "públicas de direito privado", por muito apelativo que possa ser o conceito, e de facto é.
Cá, para mim, as Comissões Estatutárias das instituições interessadas talvez precisassem de encontrar um causidíaco, ou mais, renomados, respeitáveis e ousadíssimos, que se prestassem, mesmo que por alto, a encontrar o suporte legal nacional do Regime Jurídico dessas fundações e, depois, também a alinhavar - com principio, meio e fim - uns quantos dizeres coerentes, condizentes, inovadores e imaginativos, para plasmar nos estatutos institucionais pertinentes.
Assim, de facto, essa "coisa" das fundações públicas de direito privado parece ser um convite/desafio para jogos de cabra cega... e, além disso, os gestores de topo da nossa educação superior talvez já sejam um tanto crescidinhos...
Não desanimem... Há muito quem acerte, em cheio, no "Euromilhões".... por puro acaso.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial