domingo, janeiro 31, 2010

KUTGW

Tenho estado, para aqui, muito entretida a olhar para o Orçamento de Estado de 2010.
Deu para constatar que este meu hobby ocasional poderia, facilmente, tornar-se numa ocupação a tempo inteiro e dedicação exclusiva e, isto, só para perceber o valor do PIB que teria sido usado pelas diferentes repartições de finanças dos diferentes ministérios - há um PIB para todos os gostos.
A síntese do Relatório do Orçamento de Estado do Ministério das Finanças mais simples que encontrei, na internet, sobre o OE 2010, foi esta - executada por um autor que se diz, para efeitos de OE, com qualidades de barbeiro. Que Deus nos livre de doutores recentes e barbeiros antigos, mas o que ele disse, pelo menos, está à altura (baixura?) da minha compreensão, e é isto:
Neste enquadramento financeiro, o actual MCTES foi, como normalmente é, um bom negociador.
Quando quer trabalha bem!
Faço ideia o que estão os seus colegas de governo a pensar. Estão a pensar e a urdir.... veremos a execução dos orçamentos...
Mas, do meu ponto de vista, os resultados obtidos pela negociação do MCTES, na actual condição financeira do país, só pode ter sido resultado de prosa e verbo, em troca de verba.
A verdade é que a situação financeira das IES, teoricamente, parece poder desafogar, mas o sector inteiro continua sem legislação clara de financiamento, o que irá possibilitar uma execução de orçamento demasiado elástica, para o meu gosto.
Por isso, Senhor Ministro, para além destas barganhas, infelizmente também necessárias, KUTGW!



FONTES:
http://www.gpeari.mctes.pt/archive/doc/DotacoesOrcamentais_2009
http://www.dgo.pt/oe/2010/Proposta/Relatorio/rel-2010.pdf

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial