quinta-feira, agosto 30, 2007

Missão - Toupeira

Seguindo o exemplo do Blog-Colabor, tenho também andado no cumprimento escrepulosíssimo de umas quantas Missões-Toupeira.
Eu explico: já há umas semanas, que ando por aqui e por ali, a escavar e a remover terra de várias fontes de informação e, admito, estou a ficar esmorecida com tudo o que por vejo fazer, que aqui não consigo ver.
O que vejo por lá (Forfás - Ireland's national policy and advisory board for enterprise, trade, science, technology and innovation, entidade que está justamente a efectuar uma proposta-contributo para o desenvolvimento do país tendo em consideração uma vision of Ireland in 2020 in which a well-educated and highly skilled population contributes to a competitive, innovation-driven, knowledge-based, Future Skills Needs participative and inclusive economy).
Por favor, reparem no pormenor do ano - horizonte temporal de trabalho - 2020, e atentem apenas para dois exemplos seguintes, de como eles esquematizam o que se propoem executar:
1º - 5th Report. Expert Group on Future Skills Needs. 2007. - estudo estratégico de gestão de competências. Smiples, bem pensado e, naturalmente, muito definido.
2º - Full Report - The Role of the Institutes of Technology in Enterprise Development.(2007). No caso, trata-se de um trabalho que orienta e compatibiliza as características, e expectativas de Escolas Superiores de carácter tecnológico - muito semelhantes a alguns dos nossos "Politécnicos" - com as necessidades previstas pelo mercado. Enquanto nós, por cá, iremos fazer não percebi, bem como, nem o quê de Investigação Orientada [*].

Podemos então comprovar, que não só a galinha deles tem mais enxúdias, a erva deles é mais e mais verde que a nossa, como ainda usam sistemas de trabalho mais sérios, e dispõem de dirigentes muito mais eficientes que os nossos (ou vice-versa).

Poderemos nós fazer alguma coisa?
______
[*] Bom, eu não sei nada sobre esse tema, mas sei muito bem quem sabe (ou que empombou que sabe), e vou perguntar, formalmente por cartinha registada, às seguintes pessoas, a saber: Presidente da República, Deputados do PS e também dos outros partidos todos, que não questionaram este ponto no RJIES e, claro, ao MCTES.
Ao CCISP não vou perguntar, porque eu sei perfeitamente, porque é que não questionou este ponto do RJIES, e não é porque por lá se entende o que é investigação orientada no politécnico, mas depois demonstro-lhes as razões - através de um trabalhinho toupeira, que ando a engendrar, mas que está a ficar quase missão impossível de tanto tempo que ocupa; mas isto é uma outra estória...

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial